SOBRE NÓS

Somos um grupo de agricultores e agricultoras que luta pela qualidade de vida da nossa comunidade! Acreditamos que juntos podemos crescer!
Somos do interior de Teresópolis, de onde vem grande parte dos alimentos que é consumido no estado do Rio. Temos orgulho do trabalho que fazemos: produzir aquilo que é básico no dia-a-dia de qualquer pessoa, o alimento. E sabemos que para a manutenção da segurança alimentar, e a garantia de alimento saudável para todos, é preciso que o trabalho no campo seja digno.

Por isso lutamos por uma cadeia justa de produção, permeada pelo consumo responsável na parceria entre o campo e a cidade. O trabalhador da cidade precisa ter comida fresca na mesa, pagar um preço justo e acessível, que valorize o trabalho do lavrador que depositou a semente no solo, cuidou e colheu este alimento.

Somos Cooperativa Terra porque acreditamos que o trabalho na Terra é sempre coletivo, e que cooperando podemos até caminhar um pouco mais devagar, mas vamos muito mais longe!
Nascemos nesta Terra Vieira, e vivemos da Terra, trabalhando dia após dia em contato com a natureza, dedicando o cuidado necessário para que o broto floresça e a nossa comunidade se desenvolva.

Somos Cooperativa Terra porque valorizamos a vida. Todos os dias, depositamos material que antes era considerado como lixo, mas nas nossas mãos gera nova vida. Acreditamos que uma sociedade que deseja ir mais longe, precisa aprender a enxergar o valor da vida, sem se deixar levar pela lógica de produtividade da indústria, que desperdiça o que não vale a pena. Não deixamos ninguém para trás. Queremos investir em justiça e na geração de oportunidade para que todos deixem florescer seu potencial, se realizem e vivam!

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA

Nossa história inicia com uma tragédia, que marcou nossa comunidade. No dia 11 de janeiro de 2011, uma tromba d’água atingiu a região serrana do estado do Rio de Janeiro. Vieira, bairro da área rural de Teresópolis, foi muito atingida, perdemos muitos amigos e familiares, o curso de rios foram alterados, casas destruídas, deixando muitos traumatizados.

Muitas pessoas nos ajudaram de diversas formas neste momento difícil. As doações de alimentos foram abundantes, não nos faltou nada do básico naqueles dias. Uma destas pessoas foi Lucas Gomes, missionário da JOCUM, que chegou para ajudar na separação e entrega dos mantimentos que chegavam. Apaixonando-se pela nossa comunidade ele foi ficando, e começou a buscar formas de ajudar algumas famílias a reconstruírem suas casas.

Foram muitos mutirões com voluntários de toda parte do mundo, e muitas doações de amigos, parceiros e igrejas que fizeram parte da construção e reforma de mais de 20 casas.

Em 2012, um ano após a tragédia, o impacto financeiro que a tragédia provocou ainda deixava marcas, e os preços de venda dos produtos agrícolas estavam cada vez mais baixos. Numa tarde, Lucas Gomes foi ajudar Patrícia Dalia a jogar fora o tomatinho colhido, pois o preço que o atravessador pagaria estava tão baixo, que não valia a pena nem embalar para vender.

Surge então a ideia de tentar vender o tomatinho por um preço mais justo nas igrejas do Rio que tinham apoiado na construção das casas.

Esta iniciativa deu certo e cresceu, chegando a vender simultaneamente em 8 igrejas. Hoje a Feira Solidária já acontece regularmente há 8 anos, com a proposta de vender nossa produção por um preço justo, e promovendo uma parceria entre o campo e a cidade, e o consumo responsável. Durante este tempo, sempre apoiamos algumas famílias com necessidades básicas, promovemos eventos no natal, eventos com atendimento de saúde, futebol com as crianças, entre outras iniciativas.

A Feira Solidária reuniu um grupo de famílias de agricultores e agricultoras de Vieira, que foi aos poucos enxergando a possibilidade de ter uma melhor qualidade de vida, vendendo sua produção por um preço mais justo, sempre pensando também em apoiar a comunidade como um todo a se desenvolver.

Depois de um longo processo de idealização, em 2018 se iniciam as reuniões direcionadas à formação de uma cooperativa, que nos possibilitaria vender para o governo através do PNAE e PAA, assim como regularizar nossa situação fiscal e poder vender com nota para restaurantes e mercados, e aumentar a nossa atuação social e política na comunidade.

Finalmente, no dia 20 de março de 2019 fundamos a Cooperativa Terra, com 21 associados!

Este foi mais um passo para contribuirmos para o desenvolvimento da nossa comunidade, através de uma caminhada coletiva.

Contamos com vocês nesta caminhada!

Leia mais
 

NOSSA MISSÃO

Proporcionar qualidade de vida aos cooperados e moradores do 3º Distrito de Teresópolis, por meio de empoderamento, mobilização comunitária, incentivo à saúde, educação, lazer e o fortalecimento da agricultura familiar, buscando cada vez mais uma produção sustentável, no que diz respeito ao ecossistema e à segurança alimentar e econômica.

 

OBJETIVOS

  1. Fortalecer o sentimento de coletividade na comunidade, estimulando a perpetuação do trabalho pelos indivíduos que fazem parte da cooperativa e foram impactados por ela;
  2. Contribuir para a permanência dos indivíduos no campo e facilitar seu acesso à terra;
  3. Viabilizar a distribuição dos produtos agrícolas por um valor justo, proporcionando aumento da renda e possibilitando uma carga de trabalho equilibrada e uma vida mais saudável;
  4. Estimular a diminuição do uso de insumos químicos e promover práticas agroecológicas;
  5. Promover iniciativas de educação, inclusão digital, esporte, convivência e lazer;
  6. Produzir alimento de qualidade, visando à saúde dos produtores e dos clientes;
  7. Diversificar nossa produção e gerar emprego através da agroindústria;
  8. Proporcionar às famílias acompanhamento emocional e psicológico;
  9. Fortalecer a identidade da agricultora e do agricultor familiar;
  10. Gerar oportunidades de desenvolvimento da criatividade e das habilidades dos indivíduos;
  11. Contribuir para o acesso a diferentes oportunidades de trabalho;
  12. Lutar pela manutenção e o fortalecimento de políticas públicas, direitos básicos e seguridade social.
Leia mais